No último domingo (25), encerrando a campanha nacional Jejum da Vitória, na Igreja do Evangelho Quadrangular Catedral da Paz em Ipatinga/MG houve uma grande festa de celebração. 23 pessoas passaram pelas águas batismais e dentre elas a medalhista olímpica, Lucimar Aparecida de Moura. O pastores Marcia Perozini e Fernando Castro, estão a frente da IEQ na cidade mineira e tem desenvolvido um grande trabalho através do trilho do crescimento.

Um pouco de sua história

Especializada em provas de velocidade como os 100m, 200m e 4x100m, nas quais compete desde 1992, Lucimar é a detentora do recorde sul-americano de todas estas provas.

Participou dos Jogos Olímpicos de Atenas 2004 nos 200m, sendo eliminada na qualificatória, e em Pequim 2008 nos 100m, sendo eliminada na 2ª qualificatória dos 100m. Também em Pequim 2008, participou do revezamento 4x100m livres, onde, juntamente com Rosemar Coelho Neto, Thaissa Presti e Rosangela Santos, obteve um honroso 4º lugar, com o tempo de 43s14, ficando a apenas 0,10 segundos do bronze olímpico, que foi obtido pela Nigéria. Em 2016, o Comitê Olímpico Internacional retirou o ouro do revezamento da Rússia por causa de Doping. Com isso, o time brasileiro passou a ser o vencedor da medalha de bronze.

Participou também do Campeonato Mundial de Atletismo de 2009 em Berlim, na Alemanha.

Foi a primeira atleta da Usipa que conquistou a medalha olímpica. A atleta também foi campeã mineira, vice-campeã mundial universitária, brasileira Sub-16 e Adulto. Além disso, conquistou a medalha de prata, correndo os 200m nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg, no Canadá.  Ex-recordista sul-americana e brasileira nos 100m, 200m e revezamento 4×100, esteve entre as 12 melhores mulheres do ranking mundial, na prova de 100m rasos. E ganhou uma medalha olímpica.

Resolveu se aposentar após a gravidez, estava com 36 anos. Mas seu técnico disse que se tivesse engravidado com 23 até uns 30 anos, ela teria voltado melhor. Com o tempo, a própria afirmou que sentiu a diferença. A família estava toda em Minas Gerais e ela permanecia em São Paulo. Aposentou-se do Atletismo em 2013.