Os filmes de super-heróis tem dominado as bilheterias mundias. Com grande investimento de marketing e sem muito esforço conseguem atrair pessoas para as intermináveis filas de cinema. Na contramão das grandes produções cheias de efeitos especiais esta surgindo uma nova demanda de filmes que tem feito muito sucesso entre o público. Falo aqui, dos filmes com temática cristã e seus grandes sucessos recentes como “A Cabana”, “Deus não está morto 1, 2 e 3″, “Quarto de Guerra”, “Milagres no Paraíso” entre outros muitos outros títulos. Em abril, receberemos nos cinemas, um novo exemplar que promete fazer sucesso entre seu público cativo. “Superação – O Milagre da Fé” tem uma história comovente, um grandioso elenco e momentos marcantes.

Baseado em fatos reais, o longa é inspirado na história do amor inabalável de uma mãe em face de probabilidades impossíveis. Logo nos primeiros minutos de projeção, vamos conhecendo a personalidade dos nossos protagonistas. O filme constrói muito bem as camadas e nos faz entender as motivações da mãe e os traumas que o adolescente enfrenta. Em cenas de flashbacks e durante todo o longa vamos adentrando a história criando identificação com Jons Smith e sua mãe Joyce Smith.

4851823.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

O filme é repleto de cenas emocionantes que prometem arrancar lágrimas dos mais sensíveis. Quando o filho adotivo de Joyce cai em um lago congelado no Missouri (EUA), toda a esperança parece perdida. Com John sem vida, Joyce se recusa a desistir. Sua motivação está ali e seus conflitos também. A personagem usa toda sua fé, mas entra em uma jornada de auto conhecimento que comove e nos faz pensar a respeito de quem nós somos. Parte deste processo de conhecimento é desencadeado pelo pastor recém chegado a comunidade. Ele seria a “pedra no sapato” de Joyce e se mostra um personagem muito interessante. Destaque aqui para o ator Topher Grace, um dos melhores em cena.

O filme ainda consegue entrar em outras questões sem se aprofundar e fugir do tema principal. Baseado em fatos reais o filme torna ainda mais versátil em nos mostrar a fé quase como um personagem. A contra parte é vivida por Mike Colter (o Luke Cage da Netflix) que interpreta o bombeiro, que na trama resgata o garoto no lago, levando-o a um conflito pessoal e uma experiência sobrenatural.

Um dos momentos imperdíveis do filme veio em forma de música. Oceans, mega sucesso do grupo Hillsong foi cantado em todas as igrejas mundo afora. No longa, a canção ganha uma nova roupagem trazendo a emoção necessária para o começo da reviravolta do filme.

O elenco principal é composto por atores de sucesso em suas carreiras. Destaque para Chrissy Metz da badalada série “This is us”. Atuações convicentes, um roteiro bem escrito e uma direção eficiente fazem deste um dos melhores filmes com tema cristão dos últimos anos.